Trazer o online para o offline

Trazer o online para o offline

Fujo a 7 pés de ir a lojas ou centros comerciais ? Mas quando vou a probabilidade de comprar é enorme.

Outro dia, fui a uma loja de desporto para comprar umas sapatilhas de ginástica. Precisava delas rapidamente e o valor não compensava custos e tempos de entrega. Quando cheguei à loja, e depois de encontrar o que queria, não havia o número certo. Por isso, fui perguntar a um colaborador se tinham mais números. Não tinham. Zero alternativas, zero sugestões.

Saí da loja de mãos a abanar e insatisfeita com a experiência.

O que podia ter acontecido? ?

Já há lojas físicas que sugerem a encomenda online. Assim, quando não há o que o Cliente precisa (seja cor, tamanho ou outra questão), o colaborador faz a encomenda online de imediato (através de um tablet, por exemplo).

A entrega pode ser em loja ou em casa. O Cliente faz a compra e a satisfação é garantida! ?

Se um Cliente se dá ao trabalho de ir até à loja física, é essencial assegurar que existem todos os meios à disposição para que a visita converta em venda.