Esta semana apresentei o Plano de Marketing a uma Cliente. É uma empreendedora que arregaçou as mangas para arrancar com um negócio online. Tem paixão no que faz mas, claro, não sabe tudo e por isso estou a trabalhar com ela o Marketing.

Um dos aspetos que abordei foi a identidade da marca. Há um logótipo, um nome e uma assinatura. Mas cada post publicado nas redes sociais tem um visual diferente. Por isso, fiz uma recomendação para a construção de uma identidade visual para a marca. Com uma escolha de cores por áreas a comunicar, logos simplificados para diversas utilizações, iconografia, tipos de letra e ambiente gráfico.

A preocupação da Cliente? Se a presença da marca não poderia ficar monótona.

Falei-lhe da Mercedes, que tem um tipo de letra com tão elevado reconhecimento, que até pode fazer peças publicitárias sem logótipo e sem carros, e todos sabemos que é a Mercedes a comunicar. Isso demora, claro. Mas é assim que (também) se constrói uma marca.

Quanto à monotonia? A criatividade é o limite 🙂 Não precisamos de fazer peças de comunicação sempre iguais. Precisamos, sim, de elementos constantes, que ajudem, mesmo que subliminarmente, o Cliente a identificar a nossa marca.

%d bloggers like this: